Início do conteúdo

26/08/2016

Portal sobre agrotóxicos

por Alexandre Ressurreição

Visando reunir e divulgar informações sobre agrotóxicos de diferentes instituições em um único ambiente virtual, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desenvolveu o Portal de Dados Abertos sobre Agrotóxicos, voltado para quem deseja cruzar informações de diversas fontes sobre essa questão. Esse sítio eletrônico, que ainda está em fase de testes, foi criado pelo Grupo de Engenharia do Conhecimento (Greco) da UFRJ, com fomento da Faperj.

 

O projeto de pesquisa contou com a orientação da professora Maria Luiza Machado (UFRJ), sendo realizado por Alan Tygel, doutorando dessa universidade. O aluno, que também é engajado na Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e pela Vida, teve a ideia de desenvolver o portal, após observar que os participantes da Campanha sentiam a necessidade de um espaço virtual para reunir as novas informações geradas por pesquisadores, militantes de movimentos sociais e agricultores.

 

(Foto: Reprodução)

 

No portal, o usuário encontra informações sobre intoxicação por agrotóxicos (incluindo os dados mais atuais do Sinitox); consulta dados sobre comercialização, produção de alimentos livres de agrotóxicos e transgênicos; informa-se sobre doenças relacionadas aos agrotóxicos; consulta dados sobre conflitos gerados pelos agrotóxicos e pelo modelo do agronegócio em geral; obtém dados sobre análises de resíduos de agrotóxicos em alimentos, além de consultar outras informações.

 

Acesse aqui o Portal de Dados Abertos sobre Agrotóxicos.

 

Saiba mais sobre a Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida

 

(Fonte: Faperj)

Voltar ao topoVoltar